O que está por trás da Magic Bike da Decathlon

Ciclismo Urbano 17 jun. 2022 22:06 Guilherme

A Decathlon revela a sua futurista Magic Bike, uma bicicleta elétrica que transborda design, tecnologia e funcionalidade.

Decathlon Magic Bike: Bem-vindo ao futuro

Quando falamos da Decathlon todos tendemos a associá-lo a produtos totalmente consolidados e a preços acessíveis. Uma política que tem contribuído de forma incrível para a popularização e democratização da prática esportiva com produtos adaptados a todos os níveis.

No âmbito das bicicletas elétricas, se dermos uma olhada no seu catálogo, encontramos uma interessante oferta que inclui mountain bike e urbana com desenhos e motorizações amplamente estabelecidos.

No entanto, a Decathlon surpreendeu-nos com a sua Magic Bike, uma bicicleta elétrica de cidade que, neste momento, parece não ser mais do que um conceito que a marca nos apresenta num site criado exclusivamente para este projeto. No entanto, o nível de detalhe oferecido nessa página nos leva a considerar seriamente que esta Magic Bike é mais do que apenas um exercício de design da Decathlon.

A Decathlon Magic Bike é uma bicicleta com um design moderno totalmente orientado para o uso urbano. Estrutura-se em dois grandes blocos: o quadro principal que é constituído de forma continua desde a direção até à extremidade do tubo do selim. Abaixo dele, há um chassi que dá suporte a transmissão e ao motor de assistência central.

A Decathlon incluiu no design desta Magic Bike um bom número de funcionalidades que a tornam uma criação completamente futurista.

Podemos começar com o seu sistema antirroubo que bloqueia a bicicleta e ativa o modo de alarme quando colocamos o suporte de estilo moto incluído. A bicicleta tem conectividade com o celular para que, ao se aproximar, ela desbloqueie e esteja pronta para rodar.

A integração é outra das características desta Magic Bike, com um conjunto de potentes luzes no guidão, para-lamas traseiro e nas pontas do guidão para poder utilizá-la sem problemas tanto de dia como de noite. Também integrados estão seus bagageiros removíveis que podemos fixar facilmente atrás do tubo do selim e na direção sobre a roda dianteira, proporcionando grande capacidade de carga a esta bicicleta.

No que diz respeito à sua motorização, a Magic Bike também não deixará ninguém indiferente. Possui um motor central que é fixado na roda traseira por meio de uma correia, sistema que praticamente dispensa qualquer manutenção. Não encontramos nenhum sistema de câmbio de marcha visível. Em vez disso, é escolhido um sistema de câmbio automático que adapta a relação dependendo da velocidade e da força exercida pelo ciclista. Todo o sistema está protegido por um protetor.

Por sua vez, a bateria está localizada ao longo do tubo diagonal. É um bloco removível que tem a peculiaridade de sua configuração modular. Isso consiste em aceitar até três módulos de bateria. Dependendo se usarmos um, dois ou três, priorizaremos o peso ou a autonomia. Uma faixa de utilização que a Decathlon coloca a 30, 60 ou 90 quilómetros dependendo da configuração escolhida.

O último ponto que chama a atenção nesta Magic Bike é a presença de um único manete de freio que aciona de forma conjunta tanto o discos dianteiro como o traseiro, oferecendo uma distribuição de frenagem de 60% para o freio dianteiro e 40% para o traseiro.

Continuaremos atentos ao desenvolvimento e evolução que a Decathlon está fazendo numa bicicleta que parece antecipar um futuro próximo onde a mobilidade sustentável deve tornar-se uma prioridade nas nossas cidades lotadas.

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba todas as nossas novidades. Mountain bike, conselhos sobre treinamento e manutenção de sua bike, mecânicos, entrevistas ...

Você vai estar ciente de tudo!