Pidcock estreia no CX com sétimo lugar

Pidcock estreia no CX com sétimo lugar

Ciclocross 19 nov. 2022 16:50 Guilherme

Meritório 7º lugar para o britânico da INEOS Grenadiers na corrida Superprestigio disputada em Merkplas numa corrida marcada por um circuito muito pesado onde venceu o intratável Laurens Sweeck. Felipe Orts mantém a regularidade e consegue terminar na 8ª posição.

Tom Pidcock estreia seu arco-íris sobre o barro

A disputa da terceira rodada do Superprestigio, que aconteceu na cidade belga de Merkplas, atraiu mais atenção do que o habitual por finalmente ter a camisa de campeão mundial de Tom Pidcock no grid de largada e resolver a incógnita sobre o nível de forma do britânico para enfrentar a temporada de barro.

No menu do dia tivemos um circuito tremendamente pesado devido ao barro que causou uma verdadeira seleção natural desde a largada. Uma largada muito rápida em que o ciclista da Alpecin Niels Vandeputte assumiu a liderança com Laurens Sweeck a sua roda sem que mais ninguém pudesse reagir.

Uma vantagem que só Iserbyt conseguiu fechar enquanto, alguns segundos depois, um pequeno grupo rodava com Tom Pickcock, Felipe Orts, Michael Vanthourenhout e Lars Van der Haar.

Logo após o início da segunda volta, Sweeck lançou sua aposta para a corrida e rapidamente conseguiu abrir uma vantagem sem que Vandeputte ou Iserbyt pudessem reagir. Esses que seriam alcançados por Vanthourenhout e Van der Haar com Pidcock tentando sem sucesso se conectar. Enquanto isso, Felipe Orts perdeu algumas posições mantendo um ritmo sólido, mas insuficiente para lutar cara a cara com esses monstros.

O resto da corrida foi pouca história, sem ninguém capaz de ameaçar a vitória de Laurens Sweeck. Por seu lado, Lars Van der Haar fez a sua aposta, destacando-se dos seus perseguidores que valeria a pena garantir o segundo lugar.

Enquanto isso, pudemos desfrutar de uma bela briga pela terceira posição entre Iserbyt e Vanthourenhout que acabou levando este último na última volta. Por sua parte, um Tom Pidcock, ainda sem ritmo de competição, conseguiu resistir dignamente para acabar por firmar um meritório 7º lugar.

Após esta prova, em que conseguiu somar a sua segunda vitória, Sweeck consolida o seu primeiro lugar na classificação geral do Superprestigio, seguido de perto, graças ao peculiar sistema de pontuação que não prioriza a vitória, mas diminui ponto a ponto de acordo com a posição obtida, por Lars Van der Haar que soma dois segundos e um terceiro; e por Eli Iserbyt que conseguiu vencer a prova de abertura.

Clasificação Superprestigio Merkplas

  1. Laurens Sweeck (Crelan – Fristads) 59’39’’
  2. Lars Van der Haar (Baloise Trek Lions) +05’’
  3. Michael Vanthourenhout (Pauwels Sauzen – Bingoal) +40’’
  4. Eli Iserbyt (Pauwels Sauzen – Bingoal) +53’’
  5. Ryan Kamp (Pauwels Sauzen – Bingoal) +1’10’’
  6. Niels Vandeputte (Alpecin – Deceuninck) +1’20’’
  7. Tom Pidcock (INEOS Grenadiers) +1’25’’
  8. Felipe Orts (Burgos-BH) +1’46’’
  9. Kevin Kuhn (Tormans Cyclo Cross Temas) +2’05’’
  10. Jens Adams (Chocovit Cycling Team) +2’08

Clasificação Geral Superprestigio

  1. Laurens Sweeck (Crelan – Fristads) 44 puntos
  2. Lars Van der Haar (Baloise Trek Lions) 41 puntos
  3. Eli Iserbyt (Pauwels Sauzen – Bingoal) 39 puntos
  4. Michael Vanthourenhout (Pauwels Sauzen – Bingoal) 37 puntos
  5. Niels Vandeputte (Alpecin – Deceuninck) 27 puntos
  6. Toon Vandebosch (Alpecin – Deceuninck) 25 puntos
  7. Kevin Kuhn (Tormans Cyclo Cross Temas) 20 puntos
  8. Felipe Orts (Burgos-BH) 17 puntos
  9. Ryan Kamp (Pauwels Sauzen – Bingoal) 13 puntos
  10. Witse Meeussen (Pauwels Sauzen – Bingoal) 13 puntos

procurando

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba todas as nossas novidades. Mountain bike, conselhos sobre treinamento e manutenção de sua bike, mecânicos, entrevistas ...

Você vai estar ciente de tudo!

¿Prefieres leer la versión en Español?

Pidcock se estrena en CX con un séptimo puesto

Visitar

Do you prefer to read the English version?

Pidcock debuts in CX with a seventh place

Go