Guillaume Martin se pronuncia sobre o consumo de cetonas

Nutrição 2 dic. 2021 21:12 Guilherme

Aos 28 anos, Guillaume Martin fez uma ótima temporada em 2021 ao terminar dentro do top 10, sendo o melhor ciclista francês, no Tour de France e na Vuelta a España. Mas desta vez não é notícia pelo seu desempenho, mas por sua posição em um dos tópicos mais quentes do pelotão: o uso de cetonas.

A confusão das cetonas

As cetonas são um suplemento extraído das framboesas que ajudam o corpo a usar a gordura como fonte de energia. Muitos a chamam de "bebida milagrosa", mas a verdade é que não há evidências científicas de que seu consumo melhore o desempenho e, caso isso ocorra, diz-se que seria no máximo 2%.

Sabe-se que no pelotão este suplemento tem sido utilizado na forma líquida há anos por ciclistas e equipes, mas sua regulamentação está no ar, pois não há evidências científicas de melhora no desempenho ou de que seja prejudicial aos atletas.

Apenas a associação Movimento para Ciclismo Limpo (MPCC) proibiu o uso de cetonas e por esta razão Tom Dumolin teve que abandoná-la.

As cetonas não são proibidas pela UCI ou pela Agência Mundial Antidoping (WADA), embora em setembro de 2021 a UCI tenha aconselhado os ciclistas a não as usar enquanto aguardavam os resultados dos estudos em andamento.

Peter Hespel lidera algumas das pesquisas mais recentes sobre este suplemento na Universidad de Lovaina, e seus resultados preliminares sugerem que as cetonas têm propriedades potencialmente consideráveis para aumentar o desempenho. Além disso, Hespel é consultor da equipe Deceuninck-QuickStep.

 

Martin se opõe ao uso de cetonas por igualdade

O ciclista da equipe Cofidis se uniu ao seu compatriota Romain Bardet para pedir a proibição da UCI do uso de cetonas. Conhecido como o filósofo ciclista, por sua formação nesta matéria, Martin aproveitou a apresentação de seu último livro “A vida no pelotão” para alegar que o consumo desse suplemento pode gerar desigualdades no pelotão.

"Cabe à União Internacional de Ciclismo tomar uma posição sobre eles. Não tenho todas as evidências ou todos os dados científicos sobre a real eficácia ou perigo das cetonas."

“Pessoalmente não os aceito e a minha equipe faz parte do MPCC que proíbe a sua utilização. Mesmo antes de o MPCC tomar sua posição, eles me proibiram de toma-las. Então, obviamente, sou a favor de proibi-las por razões de igualdade. "

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba todas as nossas novidades. Mountain bike, conselhos sobre treinamento e manutenção de sua bike, mecânicos, entrevistas ...

Você vai estar ciente de tudo!