Quais tipos de carboidratos são melhores para os ciclistas

Equipamentos e nutrição 11 ago. 2021 11:08 Guilherme

Os carboidratos são uma reserva básica para qualquer atleta, portanto, como ciclista, você precisa deles para um desempenho ideal. Mas não existe um único tipo de carboidrato.

tipos-carbohidratos-ciclistas/

Carboidratos: tão necessários quanto perigosos

Os carboidratos são uma das reservas de energia mais importantes para os ciclistas. Porém, seu planejamento é fundamental pois existe o risco de que, se não consumido, acabem se transformando em gordura.

E por isso é importante escolher os melhores carboidratos para um ciclista e para o momento determinado. Mas quais são os melhores carboidratos para um ciclista? Não são todos iguais ou semelhantes? Como escolho os mais convenientes?

tipos-carbohidratos-ciclistas/

Bem, vamos tentar discernir suas diferenças e vamos tentar determinar quais carboidratos comer, como e por quê.

Quais carboidratos escolher como ciclista, quando e por que

Fuja da ideia de que os carboidratos são ruins. Depende para quê e de quais carboidratos. Dito isso, vamos começar discernindo quais tipos de carboidratos existem.

Como regra, os carboidratos são geralmente divididos em três grandes categorias. Se você consultar algum manual de alimentação, verá que existem categorias de açúcares, amidos e fibras. Sim, fibra.

tipos-carbohidratos-ciclistas/

Os açúcares, em primeiro lugar, são os chamados carboidratos simples. São muito básicos, muito originais, muito puros, especialmente aqueles presentes nas frutas, vegetais ou no próprio leite, embora seu uso seja difundido na forma refinada e em alimentos processados, e assim iniciado uma longa guerra contra eles.

Os amidos, por sua vez, são complexos. Resumindo, são muitos pequenos açúcares simples unidos em um grande pedaço. Portanto, o corpo precisa primeiro transformá-los em açúcares e depois em energia, uma duplo passo fundamental para entender o que explicaremos a seguir.

tipos-carbohidratos-ciclistas/

Por último, a fibra também é um carboidrato complexo. Por que é tão usado para problemas de peso e emagrecimento? Porque nosso corpo não consegue quebrar grande parte da fibra. Então passa pelo nosso sistema digestivo, o corpo tira o básico deles, eles produzem saciedade, mas nada mais. Por esse motivo, a fibra também é ideal contra problemas intestinais e ajuda a diminuir o colesterol ou a glicose no sangue.

Dito isso, qual deles é melhor para o ciclista? Bem, isso depende muito. Depende de que ciclista você é e de qual ciclista deseja ser. Porque se você quer reduzir o peso, você deve reduzir os açúcares e os amidos; mas se você quiser aumentar o desempenho, especialmente pontual e explosivo, você deve aumentá-los. O segredo é saber o que você precisa em cada momento. Aqui está um script simples.

tipos-carbohidratos-ciclistas/

A maior parte de sua dieta deve ser composta de carboidratos à base de fibras. Entre 45 e 65% de sua energia deve ser obtida dos carboidratos, e a maior parte dessa fibra. Porque o resíduo no corpo é menor. Portanto, frutas, vegetais, nozes e priorizar grãos inteiros devem ser a base de sua ingestão de carboidratos.

Mas não exclusivamente. Porque você pode usar amidos em médio tempo e açúcares em curto tempo. Ou seja, se você vai sair à tarde, pode comer alguma coisa com amido algumas horas antes. Algo como batata, ervilha ou milho. O seu corpo vai começar a digeri-lo e quando estiver pedalando terá à sua disposição um açúcar de primeira qualidade.

tipos-carbohidratos-ciclistas/

E você pode economizar o açúcar para momentos expressos. Ou seja, se você antecipar um sprint ou uma subida de 15-20 minutos, ou simplesmente uma queda repentina a falta de um último esforço, a glicose é o ideal, porque atua rapidamente, fornece ao seu corpo com urgência o que ele precisa e, se você queimá-lo nesse esforço excessivo, também não há risco de gerar um grama a mais. Para isso, existe a possibilidade de escolher carboidratos líquidos em vez de sólidos.

tipos-carbohidratos-ciclistas/

Resumindo: o método da dieta ou prato de que falamos não muito tempo atrás, aplicado aos carboidratos para os ciclistas. Não se pode ser absolutamente taxativo, nem se pode ficar sem um tipo de carboidrato, mas como regra, muitas fibras, um pouco de amido bem planejado e glicose apenas para os planos de treino mais exigentes.

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba todas as nossas novidades. Mountain bike, conselhos sobre treinamento e manutenção de sua bike, mecânicos, entrevistas ...

Você vai estar ciente de tudo!